PesquisaMorte:

ArquivoMorte

FeedMorte

CadastroMorte

Cadastre seu e-mail aqui:

Delivered by FeedBurner

domingo, 15 de março de 2015

AnáliseMorte: MegaMan ZX - Conheça e entenda tudo sobre MMZX!

E ai!? Faz tempo que não dou as caras ou escrevo algo... estava jogando algumas franquias e me preparando pra escrever bastante... e chegou a hora!

Começarei falando de um jogo exclusivo dos portáteis da Nintendo, os "DS". Apesar de exclusivo ele não aproveita muito o sistema de dupla tela do portátil, mas é um bom jogo... e é uma parte importante da saga Mega Man.




Falarei do ZX! A continuação distante porém direta da franquia Zero. 


WARNING! WARNING! WARNING!


Alias, antes de ler recomendo que você leia primeiro as análises da Saga Zero, pois tecnicamente essa é uma sequência direta dessa saga, se passando uns 200 anos depois... e muita coisa que vou mencionar se refere a saga Zero:  Zero 1  Zero 2  Zero 3 Zero 4

Pronto? Boa leitura!


Como eu disse, o jogo é exclusivo pra DS, mas não aproveita muito as funções dele. Nintendo DS tem uma tela inferior com touch, e uma superior (dependendo da versão do portátil, de tamanho maior). A maioria dos jogos utiliza ambas as telas, onde é preciso interagir com elas para se ter uma experiência completa. Há fones embutidos no DS também, permitindo que alguns jogos até forcem uma interação maior do jogador, pedindo pra assoprar, gritar, etc.



Alguns jogos usam as duas telas apenas pra exibir vídeos, onde o que começa na tela de cima se estende pra de baixo, e a imagem fica maior que o normal... Mas no Mega Man ZX, a única função da tela inferior é mostrar algumas habilidades extras dos MegaMans. 



Ainda assim, não é nada crucial e é possível jogar completamente sem precisar se preocupar com a tela inferior... o que é uma pena pois o jogo acaba parecendo só mais uma versão do Mega Man Zero, com uma nova história, afinal não tem grande diferença gráfica, e boa parte do tempo tudo o que aparece na tela inferior é isso:



Apesar de tudo há muitas novidades, começando pelo menu de seleção de personagens.

Ao começar sua partida, você pode escolher entre "Vent" ou "Aile" (menino ou menina) onde sua história será praticamente a mesma, mas voltada pro personagem escolhido. Não tem nenhuma diferença sequencial no jogo por conta dessa escolha, a única variante é o tema abordado, pois ao se jogar de "Vent", descobre-se mais sobre o mundo em que a aventura se passa, e ao se jogar de "Aile", descobre-se mais sobre o personagem em si.



Isso praticamente obriga o jogador a vivenciar ambas as tramas, com ambos os personagens, caso ele deseje conhecer a história inteira. Mas, os dois não existem ao mesmo tempo... são tecnicamente duas histórias iguais, porém paralelas, em realidades paralelas. Uma em que o MegaMan é um menino e outra em que o MegaMan é menina. 

O estilo do jogo é o mesmo dos anteriores da franquia X e Zero: Aventura com Ação e elementos de Plataforma. Basicamente, você atravessa o mapa dando tiros e espadadas em tudo que se move, em troca de Cristais de Troca (moedas), Tubos de Energia (restaurador de HP) ou Cristais de Energia (restaurador de MP) ou apenas um caminho livre mesmo.



Separado por Missões, cada missão leva a uma região que quando explorada libera um Chefão, tal qual ao ser derrotado libera uma "arma" especial, seu Model.



Com essa "arma", o personagem consegue mudar de forma e armadura, virando um guerreiro à imagem de um dos antigos heróis do passado, os antigos Mega Man, podendo assim realizar novas ações, novos golpes, movimentos e peripécias.



Mas nem toda novidade é uma maravilha, agora tem um sistema de Mapeamento e Exploração irritante. Você precisa andar até os locais das Missões, demarcados por Letras do Alfabeto, mas, escondidos no mapa geral. Eles são marcados após explorados pela primeira vez, mas ainda assim o caminho até eles é complicado de ler, e nada sugestivo.



É literalmente cansativo explorar em Mega Man ZX, e o jogador é levado a fazê-lo para poder avançar no jogo. Mesmo com dicas de para onde ir, acima do mapa (após iniciar determinada missão), a primeira vez é muito difícil e irritante, e é bem difícil localizar os locais certos.



Essa falha é um fato que dificulta, incomoda, e até desanima no jogo, pois a sensação de perdido é constante... mesmo com o sistema de Teletransporte em alguns locais, isso não facilita em nada. Mas, compensa sofrer um pouco para se conhecer a boa história de ZX.


Antes de falar dessa história, falarei dos personagens mais importantes... 


Vent



Ele é um mensageiro/entregador que trabalha para a Giro Express.

Durante uma de suas entregas ele descobre mais sobre si mesmo, e que na verdade ele é um escolhido raro, capaz de usar um mecanismo poderoso que o transformaria em Mega Man.

Vent é órfão e foi adotado e protegido por Giro, dono da Giro Express, tal qual se tornou seu tutor e chefe. A mãe de Vent, sua única família até então, morreu durante um ataque catastrófico de Mavericks num parque de diversões. Depois de sua perda Vent ficou traumatizado e com ódio não apenas dos Mavericks, mas também da força policial da cidade, que deveria ter protegido a mesma e impedido o ataque.

Quando descobre que pode se Mega Fusionar com um "morfador" que ele deveria entregar, ele ganha poder pra se vingar de todos os Mavericks, e assim, se torna um Mega Man. Mas, durante sua aventura ele descobre os segredos da cidade e de sua força policial e todo uma trama por trás da mesma. Na verdade, as invasões de Mavericks que ocorriam eram planejadas, para que houvessem baixas na cidade e também para que a Slither Inc. ganhasse mais confiança... com as baixas, as pessoas assassinadas eram convertidas com todo seu medo em Cyber Elfos, e assim utilizados como fonte de energia para os Mavericks... ou seja... eles matavam pessoas para transforma-las em fonte de energia para matar mais pessoas.

Ao descobrir tudo isso, Vent poem um fim no líder da Slither Inc., o Herói da cidade: Serpent. Mas, ao fazê-lo descobre que tudo não passava de um plano maior, de um inimigo maior... mais antigo, mais poderoso e muito mais maligno.

Aile




Ela é uma mensageira/entregadora que trabalha para a Giro Express.

Durante uma de suas entregas ela descobre mais sobre si mesma, e que na verdade ela é uma escolhida rara, capaz de usar um mecanismo poderoso que a transformaria em Mega Man... sim, Mega "Man", pois na verdade isso é só um termo que define um ser humanoide poderoso.

Aile é órfã e foi adotada e protegida por Giro, dono da Giro Express, tal qual se tornou seu tutor e chefe. A mãe de Aile, sua única família até então, morreu durante um ataque catastrófico de Mavericks num parque de diversões. Depois de sua perda Aile ficou traumatizada e com ódio não apenas dos Mavericks, mas também da força policial da cidade, que deveria ter protegido a mesma e impedido o ataque.

Quando descobre que pode se Mega Fusionar com um "morfador" que ela deveria entregar, ela ganha poder pra se vingar de todos os Mavericks, e assim, se torna uma Mega Man. Mas, durante sua aventura ela descobre que tem mais ligação com o mal da cidade do que se quer sonharia. Ela descobre os segredos macabros da cidade e dos seus defensores, e se junta aos Guardiões para derrotar esse mal oculto.

Mas logo após derrotar o vilão Serpent, Aile descobre que em suas veias corria o mesmo sangue de Serpent, ou seja, eles eram parentes, ambos também da mesma família de um antigo vilão, tal qual era o verdadeiro responsável por toda a tramoia.


Girouette


Dono da maior e talvez única empresa de entrega/mensagens da cidade, ele é também um Guardião disfarçado.

Giro (como é chamado) não era apenas um Guardião disfarçado, ele era um poderoso Mega Man, que herdou o poder do lendário Zero, através do Biometal Z. Ele podia se Mega Fusionar em Mega Man Z, e com esse poder, defender Vent/Aile.

Curiosamente, o poder de Zero foi entregue a Giro por Ciel, a cientista antiga que havia lutado ao lado de Zero, e a tarefa de cuidar e proteger Vent/Aile, (devido sua linhagem sanguínea) com esse poder se tornou sua maior missão.

Repare que as coisas se repetem de uma forma bem interessante. Em Mega Man, uma filosofia é constantemente utilizada: "Nada se cria, tudo se transforma."

A ideia de um antigo cientista, criando um guerreiro poderoso só para monitorar, proteger e se necessário destruir uma criação adormecida sua, é um contexto bem recorrente, e mais uma vez da as caras.

Giro foi escolhido e encarregado de, com o poder do Biometal Z, proteger o herdeiro consanguíneo de Weil, e se um dia esse herdeiro se voltasse contra a ordem da humanidade, ou precisasse de proteção, Giro deveria se posicionar para a luta. Zero protegendo e observando X, Giro protegendo e observando Vent/Aile.

Mas Giro falha miseravelmente e acaba se tornando o inimigo de Vent/Aile, manipulado pelos poderes de Serpent e do Biometal W (Weil), que só é detido pois o Biometal de X havia se fundido a Vent/Aile.



Mas, após sua derrota, Giro oferece o poder do Biometal Z para Vent/Aile e, ao fundir seu Biometal ao de Biometal X, ele da vida ao Biometal ZX, e abre mão da sua, convertendo-se em um Cyber-Elfo.


Ciel


A cientista que criou os Biometais. 


Apesar de não aparecer, ela é constantemente citada e é a principal responsável por tudo o que acontece em MMZX. Ciel, no passado, foi quem recriou X, Zero, Neo Arcadia, uma penca de Reploides, foi quem resolveu a crise de energia com Cyber-Elfos, e foi quem trouxe a paz ao mundo.

Tecnicamente, essa garota, jovem e inteligente, foi responsável por uma série de proezas mas... mesmo depois da morte de Zero, X, e todo o resto, ela continuou sua jornada. 


Ela criou uma organização chamada "Guardiões" (novo nome pra Resistência, que não tinha mais contra o que "resistir") e começou a explorar o mundo e as consequências da última batalha de Zero. Em suas pesquisas, ela descobriu nos destroços de Ragnarok (arma usada por Weil em sua luta) vestígios de Dr. Weil, e assim encontrou o primeiro Biometal... uma espécie de dispositivo consciente capaz de se fundir a seres vivos e transforma-los em um hospedeiro, à imagem de Weil, trazendo ele de volta a vida.



Perturbada pela ideia de Weil retornar, Ciel se livrou desses fragmentos, e passou a caçar todo e qualquer remanescente de Weil. Ela também descobriu que o Biometal W precisava de um hospedeiro com o sangue de Weil, para ter poder total, e com isso, ela também se responsabilizou por impedir que Weil encontrasse um semelhante para voltar ao mundo. 



Mas, a descoberta não era de todo ruim, pois Ciel usou tudo isso como base para desenvolver Biometais especiais, baseados em antigos guerreiros (Os Guardiões, X e Zero) e os protegeu, até encontrar os hospedeiros corretos para manipula-los. Mas, durante uma de suas caçadas, Ciel deu o azar de expor Serpent, um de seus aliados, a um fragmento de Weil... ela não sabia que Serpent tinha sangue de Weil, era um herdeiro dele, e com isso, era o hospedeiro perfeito. 



Serpent se converteu num Mega Man W, e roubou os fragmentos dos demais Biometais, além de destruir Ciel... 


Prairie



A Líder dos Guardiões, irmã mais nova de Ciel, e também uma antiga replóide da Resistência.

Ela na verdade é "Alouette", uma reploide em forma de criança que Ciel protegia e levava para todo o canto durante a Crise de Energia. Elas eram apegadas, tão apegadas que Ciel a considerava realmente sua irmã. Conforme cresceu e envelheceu, Ciel modificou o corpo de Alloette para parecer mais velha também, e assim ganhar a aparência ideal para liderar em sua ausência.


Ciel renomeou Allouette em seu novo corpo como "Prairie", mas sua identidade anterior permaneceu viva em seu bichinho de pelúcia, tal qual ela não largava de forma alguma, e ainda não largou mesmo depois de modificada.

Prairie amava sua irmã, e depois de seu desaparecimento (com o ocorrido com Serpent) Prairie passou a liderar os Guardiões e dar continuidade aos trabalhos de Ciel. De quebra, ela também protegeu os últimos fragmentos de Biometal que sobraram, também os que Ciel mais protegia, os de Zero e X.

Durante o transporte do Biometal X, Vent/Aile ganhou a confiança do Biometal e se converteu em um Mega Man, com isso, Prairie percebeu que o/a protegido(a) de Giro era bem mais importante do que aparentava, sendo admitido(a) aos Guardiões.



Mas ela descobre bem mais sobre esse Mega Man, quando ele começa a obter os demais fragmentos roubados por Serpent, e os habilita como Biometal. Ele era muito mais especial do que apenas um escolhido...

Serpent


Um Mega Man poderoso, que usou o poder do Modelo W para salvar a humanidade. Ele é um herói, e um mentiroso.

Serpent na verdade é um humano maverick, manipulado por Weil através do Modelo W. Ele passou a pensar como Weil, e a agir como Weil. Visando poder, ele se disfarçou de herói, salvando alguns humanos de ataques Mavericks, enquanto outros desapareciam. Ele sequestrava humanos e os convertia em Cyber-elfos, redirecionado suas energias para novos Mavericks...


Seu maior plano, era encontrar o maior fragmento de Weil, o maior pedaço de Ragnarok, e reativa-lo com o máximo de Cyber-Elfos possível, assim trazendo o caos ao mundo. Ele não sabia que na verdade estava apenas sendo manipulado por Weil para trazê-lo de volta a vida completamente.

Serpent declara ter sangue de Weil em suas veias... isso significa que ele, como Vent/Aile, é um herdeiro de Weil, um parente distante, ou apenas tem o mesmo tipo sanguíneo de Weil.

A questão é que, Serpent assumiu o papel de "herói" e acusou Vent/Aile de que seriam os próximos "heróis" da cidade, exatamente como ele. No final ele ainda diz que "Os verdadeiros Mavericks são vocês, por escolherem seguir seus propósitos altruístas",


Modelos

Existem vários biometais fragmentados, cada um com os dados de um antigo guerreiro. Existem 2 biometais para cada antigo guerreiro, excetuando-se o Dr Weil, que nesse caso possui um número incalculável de Fragmentos. De toda forma, cada biometal oferece a seu portador os poderes do antigo guerreiro ao qual ele pertence.

Biometal X




Um fragmento de X, o antigo Mega Man Azul, esse Biometal só se funde a pessoas que ele considere justas, honestas, honradas e merecedoras de seu poder. Ele escolhe Vent/Aile pois viu ele/ela se jogando na frente de Prairie para defende-la, mesmo estando totalmente desarmado(a). Isso mostrou que ele/ela era merecedor(a) do poder de X.



Mas isso não é tudo... a revelação de que Vent/Aile era um(a) escolhido(a), fez com que sua identidade fosse exposta, atraindo a atenção de Weil... que ainda buscava o hospedeiro ideal.

Os poderes de X são simples: Ele tem como habilidade copiar dados dos oponentes, e converte-los em armas adaptadas para seu corpo. Como X não tem mais um corpo, apenas sua habilidade "Cópia" restou. Quando unido a um hospedeiro, o mesmo assume a forma física de X, como Mega Man, e recebe o X-Buster tunado de X, capaz de lançar dois disparos carregados.



X também permite a cópia e adaptação de dados alheios, e graças a ele, Vent/Aile consegue usar outros biometais em paralelo a ele.


Biometal Z





Um fragmento de Zero, o antigo Mega Man Vermelho, esse Biometal se fundiu com Giro, que além de forte e determinado, era defensor e tinha uma missão atribuída por Ciel, que coincidia com a missão de Zero enquanto vivo. Esse Biometal permitia ao seu portador utilizar com destreza o Z-Saber, e as habilidades básicas do lendário Zero.



Assim que os mavericks atacam Giro e Vent/Aile, Giro se transforma e começa a lutar, revelando sua identidade como Guardião. Posteriormente, ao tentar salvar uma região que estava sendo atacada, Giro é derrotado e manipulado por Serpent. Quando Vent/Aile já transformado em X aparece, Giro é forçado a lutar contra ele.



Na luta, Giro é gravemente ferido, mas continua vivo graças ao Biometal Z. Mas, Giro abre mão do biometal para que Vent/Aile ficasse ainda mais forte, com a combinação dos dois fragmentos (X e Z) e assim, ele pede para que o Biometal Z abandonasse seu corpo e se fundisse a Vent/Aile.

Quando o Biometal Z se funde ao Biometal X, surge o Biometal ZX, capaz de manipular tanto o Z-Saber quanto o X-Buster.



Biometal ZX






O Biometal ZX é uma mescla do Biometal Z e X, dos fragmentos de ambos alias. Inclusive, se pensar de forma técnica, é como se Vent tivesse um fragmento do X e um do Zero, e Aile também, mas ao invés de fundirem X com X e Zero com Zero, eles fundiram X com Zero cada um. E tudo isso em realidades paralelas. (Se a história não fosse exatamente a mesma para Vent e Aile, podia-se até deduzir que eram irmãos gêmeos vivendo paralelamente)




O Biometal ZX tinha as habilidades básicas de X e Zero, o que o tornava uma arma de guerra poderosíssima. Mas, a soma de ambos também fazia com que Vent/Aile conseguisse as habilidades de cópia de dados de X, e as habilidades de cópia de movimentos de Zero. Basicamente, o Mega Man ZX conseguiria ser qualquer um que ele copiasse, pelo menos em técnica e habilidade. Somando isso ao poder do Biometal de dar a forma e poderes originais do guerreiro ao qual ele pertencia... o Mega Man ZX literalmente poderia ser qualquer um dos Guerreiros lendários. E é exatamente isso que ele faz.



Ao obter os fragmentos dos demais Mega Mans, Vent/Aile consegue se transformar em um dos guerreiros antigos.


Biometal H





Esse é o biometal do vento e raio, um fragmento do lendário Harpuia, um dos antigos Guardiões de X, fundido ao Biometal X.

Ao conseguir os fragmentos do Biometal H, Vent/Aile consegue se transformar em MegaMan HX e ganha a forma praticamente idêntica a de Harpuia.

Com essa forma, ele também ganhava todas as habilidades básicas de Harpuia: Voar para os lados e para cima e planar; 




Manipular duas Lâminas de Energia; 


Lançar bolas de Eletricidade; 




Lançar Tornados; 



E ver os pontos fracos dos inimigos, como também sua barra de energia (isso na tela inferior do DS).



Biometal L




Esse é o Biometal da água e gelo, um fragmento da lendária Leviatã, uma dos antigos Guardiões de X, fundido ao Biometal X.



Ao obter os fragmentos do Biometal L, Vent/Aile consegue se transformar na Mega Man LX, ganhando a forma idêntica de Leviatã.



Nessa forma, é possível realizar todas as proezas básicas dessa antiga Guardiã: 



Nadar livremente para qualquer direção; 




Criar Plataformas de Gelo; 


Criar Dragões de Gelo; 



Manipular um Bastão de Gelo e Brandi-lo ininterruptamente; 




E usar um escâner de objetos (pela tela inferior do DS).



Biometal F



Esse é o Biometal do fogo e lava, um fragmento do lendário Fefnir, um dos antigos Guardiões de X, fundido ao Biometal X.



Como os demais, ao obter os fragmentos do Biometal F, Vent/Aile também consegue se megafusionar em  Mega Man FX, na forma de Fefnir.

Com essa armadura, Vent/Aile consegue realizar os principais movimentos de Fefnir: Atirar com cada um dos braços com Armas Grandes para os lados e para cima; 


Jogar Bolas de Fogo e destruir rochas; 


Criar Rajadas de Fogo no chão; 


E desenhar o trajeto de seus projéteis (isso na tela inferior do DS).




Biometal P



Esse é o Biometal das sombras, um fragmento do lendário Phantom, um dos antigos Guardiões de X, fundido ao Biometal X.



Após obter os fragmentos do Biometal P, Vent/Aile consegue se transformar em Mega Man PX, com os poderes e aparência ninja de Phantom.


Suas habilidades passam a ser: Se pendurar no teto; Arremessar Kunais; 





Arremessar Shurikens Huuma; 





Criar uma Bolha de Energia protetora; Enxergar melhor no escuro;




E mostrar um Radar que indica os inimigos próximos e locais escondidos (pela tela inferior do DS). 



Biometal O



Existe um Biometal secreto, que só surge após finalizar o jogo (ou seja, não faz parte da história) tal qual é liberado após derrotar Omega (no corpo de Zero) ou o que seria um holograma dele, ou eco temporal, sei la. 





O Biometal O, quando fundido ao X, libera a forma de Zero/Omega, com todas as habilidades mais poderosas dele. De quebra, ainda oferece uma habilidade de maximizar as habilidades, ilimitadamente, o que torna esse Biometal ridiculamente poderoso. 


Para obtê-lo, o jogador precisa executar uma das seguintes tarefas:

1° Opção: Derrotar o holograma de Omega na Área N, tal qual tem 3 barras de energia e é muito poderoso, além de ser mortal em ataques a curta distância. Ele também pode regenerar o HP enquanto ataca... o que torna essa uma tarefa bem difícil. Além disso, é preciso voltar a fase inteira após derrotar Omega, o que também é muito complicado já que o caminho é cheio de espinhos e obstáculos que matam num único toque.



2° Opção: Finalizar MegaMan Zero 3, e usar o save dele para abrir uma porta na Área N, onde é preciso derrotar os chefes de Mega Man Zero 3.

3° Opção: Finalizar MegaMan Zero 4, e usar o save dele para abrir uma porta na Área N, onde é preciso derrotar os chefes de Mega Man Zero 4.

Após cumprir um dos requisitos, deve-se pegar uma rocha em uma sala na Área N, e depois leva-la para a base, entregar para Fleuve (que alias, é um antigo membro da Resistência... mais tarde falo dele). Depois é só finalizar o jogo, e falar com Fleuve novamente, ele revela que a Pedra era na verdade um antigo fragmento de Omega, e converte ele em um Model, o Biometal O.



Daí é só se transformar. Como esse Biometal não faz parte da história, ele não tem grande importância, mas, ele deixa claro como funciona a confecção de um Biometal. 




Só coletar o fragmento de algum antigo MegaMan e adaptá-lo.


Biometal W



Esse Biometal não chega a ser utilizado por Vent/Aile, afinal ele(a) se recusa a ceder ao poder de Weil, enfrentando-o até o fim. 

Por outro lado, o Biometal W conseguiu dominar Serpent, que o usou em sua última batalha, tomando a forma de Mega Man W. 



O Biometal W é um fragmento de Ragnarok fundido a Weil... Weil era um humano, que se converteu em Reploide e por fim, se fundiu a uma arma espacial que ele criou, chamada Ragnarok. Zero conseguiu derrota-lo mas se sacrificou para isso... porém, Weil permaneceu vivo em seus fragmentos, tais quais se tornaram os primeiros Biometais, descobertos posteriormente por Ciel.



Por mais que Ciel lutasse contra, os Biometais de Weil eram muitos, e seus poderes de manipulação se estendiam por todos os destroços de Ragnarok. Weil tinha a habilidade de manipular Reploides, e depois de morto ele também desenvolveu a habilidade de manipular humanos... logo, ele era capaz de controlar a mente de replóides e humanos... O portador do Biometal W também poderia fazer isso (enquanto era manipulado pelo biometal também) e Serpente faz isso com os Mavericks, guiando eles para a cidade e forçando os ataques, para que ele mesmo os impedisse... enquanto escondia algumas das vítimas para seu próprio proveito. Serpent também usa essas habilidades para controlar Giro e força-lo a lutar contra Vent/Aile.



No fim, Serpent encontra o maior fragmento de Ragnarok, e o alimenta com centenas de Cyber-Elfos que ele criou com humanos mortos. Depois, ele alimenta o fragmento com o ódio acumulado de Vent/Aile, e pra finalizar oferece seu próprio corpo para que o fragmento gigante do Biometal W se fundisse. Serpente vira um grande Mecanicloide, que por sua vez é destruído por Vent/Aile. 



Prometheus e Pandora





Dois Mega Mans estranhos e misteriosos, que andam juntos e também ajudam Serpent em seus planos. Apesar de tudo, eles deixam bem claro que não estão seguindo Serpent, mas sim seu Biometal, W. Tal qual é seu verdadeiro lider. 

Prometheus usa uma Foice grande e poderes de fogo, enquanto Pandora usa um Tridente e poderes de gelo. Nenhum dos dois é um dos Mega Man antigos, e nada é revelado sobre eles em ZX. Eles também não são definitivamente derrotados no final, eles apenas fogem.



Ambos revelaram para Vent/Aile que ele(a) era o principal foco de W. O biometal W queria o corpo de Vent/Aile, ou pelo menos sua energia vital para despertar. No caso, ele consegue a energia, mas por sorte (e força de vontade de Vent/Aile) ele não consegue o corpo e acaba se contentando com Serpent... o que não o deixa forte o suficiente para seguir em seus planos.


Mas com a fuga de Prometheus e Pandora, os planos de W ainda estavam em aberto.


Fleuve


Ele é um cientista baixinho e bigodudo, que é perito em Biometais e dados. Aparentemente ele era um grande colega de Ciel, mas o mais interessante dele está em sua aparência.



Ciel havia convertido sua irmã menor numa reploide de aparência mais velha para liderar os Guardiões em sua ausência... mas aparentemente essa não foi sua única modificação. Ao que tudo indica, ela também modificou outros reploides da Resistência, como o pequeno Perroquiet. 



O pequeno garoto aspirante a cientista que estudava dados na época da Resistência, acaba seguindo Ciel até a época dos Guardiões, e aprimora seus conhecimentos, além de modificar seu corpo para parecer um pouco mais velho. 



O bigodinho grisalho não disfarça muito sua aparência jovial, e talvez ele tenha sido inclusive a primeira tentativa de modificação física para envelhecimento realizada por Ciel em um Reploide... técnica essa possível (como o velhinho Andrew contador de histórias de Mega Man Zero havia feito com ele mesmo), mas um pouco complicada. Seu novo nome, para seu novo corpo, talvez seja uma forma de indicar uma nova vida e identidade, afinal reploides são conhecidos e reconhecidos por seu físico.


Bem, agora vou contar a história do jogo, e no final encerro a análise. 


MegaMan ZX



A história começa com Giro conversando com o cliente de uma entrega especial via telefone/comunicador/rádio.

Após encerrar a conversa ele papeia um pouco com Vent/Aile, que por sua vez conta um pouco de seu passado e revolta com a Slither Inc.




Ambos são atacados por Mavericks então, e separados. 



Vent/Aile cai do penhasco com a entrega...



Então, ele encontra com o cliente, que é atacado por um Maverick gigante em forma de cobra.


Com isso, Vent/Aile se joga na frente do cliente para protegê-lo, e o pacote se revela como Biometal e se megafusiona.




O Guerreiro X surge, e enfrenta a Serpente gigante.



Depois disso, Vent/Aile encontra Fleuve próximo a uma cápsula de teletransporte, com quem conversa e entende um pouco mais sobre o que estava acontecendo. Fleuve lhe ensina a usar o teletransportador e lhe explica como conseguir a autorização para entrar na base dos Guardiões, na Área X.



Mas Vent/Aile se preocupa com Giro, seu chefe, e pede para usar o Biometal X para encontra-lo, pois o mesmo havia sumido após o ataque dos Mavericks.



Ao procurar por Giro, Vent/Aile encontra mais mavericks, e no fim, após derrotar uma grande nave, surge o Mega Man Z, tal qual era Giro com o Biometal Z.



Ambos vão para a base dos Guardiões, e lá, aprendem um pouco mais sobre os biometais e os escolhidos... mas um ataque Maverick começa na cidade. Vent/Aile decide usar seus novos poderes para proteger a cidade e junto de Giro, vai para a mesma.



La, Giro toma a dianteira... porém é derrotado por Serpent, Prometheus e Pandora... depois ainda é manipulado para lutar contra Vent/Aile.




Depois de derrotado, Giro transfere seu biometal para Vent/Aile e se transforma num Cyber-Elfo.




Vent/Aile fica irritado(a) e declara vingança contra Serpent.




Começando uma jornada por missões e resgate de biometais... 




Lutando contra os 4 Pseudróides iniciais...




E pega os primeiros 4 fragmentos dos Biometais H, L, F e P.



Com isso, um ataque de mavericks ocorre à base dos Guardiões, em pleno céu. E Vent/Aile defende-a a todo custo.




Após deter a invasão, surge Prometheus e Pandora, que atacam o núcleo da base. 


Mas, Vent/Aile protege a todos e enfrenta Prometheus.




Após derrotado, Prometheus foge e Vent/Aile retorna para suas missões.




Ele(a) derrota os outros 4 pseudróides de H, L, F e P. 



E recupera os demais 4 fragmentos de biometais, completando os Biometais e recuperando suas senhas (H, L, F, P, Z e X) para abrir a porta onde o Fragmento maior de W estava confinado.




Ele(a) vai para a área M então, destruir o fragmento de W. 



La, após encontrar o grande biometal, Serpent aparece, canta vitória e chama Pandora para lutar contra Vent/Aile.




Após vencer Pandora, que só estava la para distrair, o fragmento de W é levado embora e Pandora foge.



Um grande ataque a cidade começa então, com frotas da Slinther Inc. e Mavericks aos montes queimando tudo. Vent/Aile tentam salvar as pessoas e impedir a destruição, quando surge Prometheus e Pandora, liderando a invasão.



Vent/Aile luta contra os dois ao mesmo tempo, e após vencê-los, eles fogem, dizendo que os planos de W deram certo.



O prédio principal da Slither Inc. começa a exalar forte energia, sugerindo que Serpent estava pondo seus planos, os planos de W, em prática.




Vent/Aile vai para la impedi-lo, e invade sua torre.



Lá ele(a) enfrenta os 8 guerreiros Mavericks que carregavam os biometais roubados, e estavam de volta e inteiros novamente, restaurados com a energia de Cyber-Elfos.




Ao derrota-los, Serpent é alcançado, e estava alimentado o Biometal gigante com Cyber Elfos. 


Ele assume sua forma Mega Man W, e luta contra Vent/Aile, irritando-o(a).



O Fragmento Gigante de W suga a energia negativa produzida por Vent/Aile durante sua tentativa de vingança, e usa essa energia para se restaurar por inteiro. 




Depois, ele se funde a Serpent, e tenta destruir o portador do ZX.



Mas, os biomeitais dão sua força para Vent/Aile, que se levanta e Mega Fusiona novamente em ZX, se preparando para a última batalha.



Após uma difícil luta contra a forma gigante de W, ele é derrotado, e o portador de ZX escapa da explosão catastrófica de Edifício da Slither Inc.




Inconsciente, Vent/Aile questiona as declarações de Serpent... 



Quando o Cyber Elfo de Giro surge, e lhe da lição de moral... 




Após aconselhar Vent/Aile, Giro se despede, deixando uma última missão para ele(a): Jamais desistir.



E no final, ele(a) se junta a Prairie e aos Guardiões, convicto(a) de que jamais se tornaria a mesma ameaça que Serpent, o falso herói. Ele(a) defenderia a humanidade, e os reploides, e o mundo, de qualquer ameaça, fosse ela W, Pandora, Prometheus, ou qualquer maverick que surgisse.




Fim.


Pra encerrar... não sei bem o que dizer, então vou falar uns extras que lembrei agora...

Existem os clássicos Sub-Tanques, são 4 recarregáveis e 1 consumível. No caso do consumível ele pode ser comprado na base dos Guardiões.



Os Sub-Tanques são fáceis de se encontrar, pelo menos os 2 primeiros... o 3° é o mais complicado de se obter, sendo preciso o poder dos 4 Guardiões de X... O 4° é obtido através de uma quest de entregas, demorada e repetitiva... bem chato, mas, é possível se virar só com os dois principais mesmo. 



Também existe um item que aumenta o HP Máximo (semelhantes aos corações da saga X e aos Cyber Elfos da saga Zero) são 4, e todos são fáceis de achar. Estão apenas bem escondidos.



Cada chefe tem um ponto fraco, mas esse ponto fraco não o enfraquece. Na verdade, cada ponto fraco é o local onde o Biometal se encontra... ah é... sobre isso...

Cada um dos 8 chefes principais do jogo são Pseudróides. Pseudroide é um tipo de Reploide com uma MegaFusão forçada. Eles foram desenvolvidos em cima de um Biometal, e tem habilidades vinculadas ao fragmento no quais foram feitos.



Cada pseudróide tem uma forma de um animal humanoide, como os Mavericks da saga X... porém tem um aspecto bem mais mecânico, e tem o Biometal preso e exposto em alguma parte do corpo.



Durante a luta, se o biometal for atingido, o hp do chefe fica piscando em vermelho, o que significa que ele foi danificado. Quanto mais danificado ele for, pior... para o jogador. Pois isso não enfraquece o chefe, nem nada do tipo, isso só enfraquece o Biometal e após derrotar o chefe, ao se obter o Biometal respectivo, ele vem com a barra de energia menor... e para restaura-la, só pelo Fleuve.



Derrotar um chefe com base no Biometal também aumenta a pontuação... não que isso mude alguma coisa do jogo, mas é interessante. E após vencer, o nível da vitoria é mostrado para o jogador. Nível 4 é o melhor tipo de vitória, com o Biometal ileso e o mestre totalmente ferrado... mas... existe um quarto na Nave/Base dos Guardiões, na Área X... nesse quarto tem vários brinquedos, inclusive uma boneca grande que quando golpeada repetidamente por um tempo, joga um Sub Tanque Consumível de Energia Especial... 




Nesse mesmo quarto, aparecem bonecos dos chefes derrotados em Nível 4... 




Pendurados.... interessante né?

Bem, é só isso.

Sei que ficou uma análise curta, mas é por que é um jogo simples.. se eu achar que devo acrescentar algo ou corrigir, eu o farei no futuro... mas por hora é só isso mesmo.

Espero que tenha curtido... se gostou comente... se não gostou... vlw por ler. 

Até a próxima!

52 comentários:

  1. Eu nunca tinha ouvido falar desse megaman mas pelo que voce mostrou eu achei bem legal, o negocio de ter varios outros megamans e as fusoes tambem é legal (poderia ter um "novo" bass , eu acho ele fod@) a analise ficou otima continue assim kra , vou ler as analises de mm zero

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz porque curtiu Sr Igor... eu fiz um trabalho bem simples apesar de detalhado.... sobre a ZX eu não tenho revelações polêmicas... talvez tenha coisas mais legais pra falar de ZXA, continuação do ZX... mas foi bom ter escrito.

      Agora, é jogar pra próxima.

      Sr Igo, bien vindo!

      Excluir
  2. Nunca cheguei a jogar esse. Não sei bem o que dizer, a história tem base em acontecimentos passados mas não me parece ter nada que complemente a saga Megaman como um todo, é só uma "sequência sequencial", vai para frente sem precisar explicar muito do passado. Mas gostei dos BioMetais, achei legal como foram usados e as várias opções de jogabilidade que eles acrescentam. Mas pelo seu comentário, eu quero ler sobre o ZXA. No mais, na minha opinião a Saga X é a mais intrigante e interessante. Bom trabalho como sempre. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ZX tem forte ligação com MegaMan Zero e Mega Man Legends (nem mencionei o Legends pq é de um gênero bem diferente ao qual eu to acostumado na saga megaman... mas um dia vou falar dai explico as ligações) mas acredite, ele tem vinculo com os eventos mais antigos da franquia também... tipo... eu não cheguei a comparar Model W com Weil, Willy e Sigma.... ainda.... mas o farei na análise de Mega Man ZXA. Tecnicamente, os 4 são o mesmo "ser". Mas fica ligado, um dia farei a análise de ZXAdvent.

      Excluir
  3. Mal tava vendo se publicava sem me registrar e tal ( eu que mandei um oi no comentário antes dese)
    você não falou do shadow dash do modelo px, que atravessa inimigos "magros" , ele e ativado usando hiper mode e dando dash ou usando a bola negra e dando dash ou usando o hiper + a bola negra e dando dash; tem como manter o modelo x depois de virar zx, mais tem que terminar com os 2 personagens antes, ai numa terceira gravação o modelo x vai estar la mesmo depois de virar zx, cuidado!! tem que ter os 2 personagens com o jogo terminado ou não abre o x sozinho numa terceira gravação, você tem de ficar fazendo novas e terminar o jogo e tirando as velhas repetidas se quiser ter mais de uma gravação com modelo x separado; da para usar super pulo + dash +dash e cair divagar com o modelo hx, bom para usar naquele mar de espinhos para poder chegar na briga com o omega, falando no omega, ele fica paralisado pra você dar combo usando a espada, só use o buster em emergência por que a espada suga mais vida dele

    espero não ter ficado muito ruim de entender o que eu escrevi, pode me chamar de Dan, depois eu me registro decentemente e tal (não sou garota caso o nick deixe duvidas)
    te+

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilhosas dicas.... a do Px eu não sabia... na real não sei muito sobre ele afinal é um dos personagens de melhor estilo, mas mais fraquinhos (eu curto busters rs). Sobre o Ultra Dash, é questão de PS, mas eu reparei mesmo na possibilidade de usar Jump+Dash e depois Dash de novo no ar com Hx... útil... mas tem certeza que funciona na armadilha de espinhos do Ômega? Eu fiquei horas treinando pra passar aquilo la sem morrer.... seria um choque descobrir que tinha forma mais... fácil rs... Sobre Model X após finalizar a partida duas vezes com cada um dos personagens... sim, eu verifiquei isso e iria atualizar com prints e talz mas bateu preguiça rs.... eu queria testar o modelo X sozinho e ver se ele ganhava alguma habilidade extra ao eliminar inimigos chefes... mas nah. Sobre a batalha do Ômega.... eu tinha medão de levar aquele combo louco da espada que ele segura... e ficava correndo de um lado pro outro da tela atirando feito louco... assim pelo menos ele não parava pra regenerar...

      Mas assim, boas dicas.... e seja bem vindo sr. Depois se pa eu dou uma atualizada na postagem... agora to meio focado em ZWW...

      Te + Sr Dan!

      Excluir
  4. não não, pode ser feito assim: dash+pulo(pra dar o super)+dash +dash(não lembro se e dash pra um lado e depois pra cima mais da pra dar 2 dash no ar sim) e termina caindo divagar
    assim como o omega te segura você segura ele, ou apenas enche ele de concentrado da espada que o dano e grande
    e sopre usar isso pra chegar no omega, eu costumo me bater de proposito num inimigo chatinho que tem la perto e ai usar bem rápido o ultra dash mais da pra fazer sim sem se bater, só que ai e ter a manha
    a eu acho que você não falou que o modelo px se prende no teto, alem da maioria das plataformas e umas coisas que são só enfeite nas paredes (você só pode se segurar não subir nesses, caso tenha jogado o mmzxa o esquema e igual a de umas plataformas meio redondas por baixo, que tem umas barras pra se segurar usando o modelo p
    o modelo x separado e forte, tipo quando você pega a parte do braço no mmx3,mais ele não ganha os tiros dos chefes, eu gosto de abrir ele pra ter um gosto de megaman x no ds XD, você deve ter reparado que o buster e igual ao do megaman x2 agora o porque não faço ideia
    o shadow dash e bom pra quando voce vai pegar o tank de energia no vulcao ( acho que e um vulcao ne aquele lugar que a lava "corre" atras de voce) voce usar pra pegar distancia e poder abrir a passagem usando o modelo fx, mais e melhor faser isso depois de subir e por a lava no modo divagar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hei Dan, épico. Pra se ter ideia, demorei aproximadamente 5 horas pra dominar o trajeto inteiro pra ir e voltar do Ômega, pois as manhas que você citou não funfaram comigo (não é falta de ps, é que eu sou azarado mesmo rs... os monstros aparecem só quando você vai pro lado oposto e volta, eu dava azar e tipo, optei por treinar mesmo. No final eu aprendi o caminho de olhos fechados com o time exato rs... mas se eu soubesse tua manha teria me saido muito melhor, economizado algumas horas de treinamento rs.) Sobre o Subtanque do vulcão, novamente, se eu soubesse que o Px podia correr pelos monstros sem parar, deus... economizaria um senhor tempo. Eu tive de treinar muito pra aprender como passar na parte do vulcão que sobe de forma rápida, pra desacelerar o fluxo e depois correr pra abrir caminho pelas pedras... até eu conseguir dominar o time dos ataques do Fx pra derrubar as pedras antes da lava chegar, man... demorou viu... São duas partes do ZX que tomaram muito tempo do meu gameplay rs.... pra tu ter noção, matei o ultimo boss mais rápido do que passei por esses obstáculos... mas... agora eu consigo passar facilmente só na base da ps... (tecnicamente, eu prefiro jogar o ZX inteiro com a forma Zx, mas do jeito clássico mesmo... cheguei a ler que o modo Hx tem vantagem pacas contras os boss pelos tornados, mas... eu prefiro usar o Zx mesmo... e pra variar, curto usar o buster... mais do que a espada.

      Então sr... sobre os Dash do Hx... se não me engano ele consegue correr só em uma direção mesmo no ar... depois cai.... eu lembro de ter tentado correr pra cima depois por lado mas... não funcionava... mas... ainda assim... se basear nisso é pura manha hein!

      Excluir
  5. mal esqueci de assinar kk o ultimo post foi meu, Dan, as 03:53

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hei Dan, se cadastra dai num precisará assinar rs... mas... enquanto isso, nem grila. Eu sou bom em identificar pessoas pelos comentários. Nem sempre é necessário assinar belê. Cada pessoa tem suas próprias palavras e forma de escrever.... eu sei identificar. Seja bem vindo Sr Don.

      Excluir
  6. E eu acho que exagerei no ultra dash, na empolgação eu me lembrava que era 2 dash que nem na armadura dourada do mmx3 XD, falando nisso os modelos sem ser o zx, aparentemente são homenagens ou baseados na armadura do mmx3 sem ser a dourada, dash pra cima das botas, campo de força que protege poco do corpo, golpe concentrado que quebra e abre passagens das luvas(luva e um poder concentrado especifico dum chefe no mmx3) e um localizador de items que era do capacete, o resto dos poderes dos modelos e original em relação a armadura do x3

    te + dum futuro inscrito Dan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hm, interessante. Bem que senti certas referências mesmo... Pensar que há muito disso na saga inteira... jogos se interligando ou referindo a outros jogos por simples detalhes. Só aquele tiro carregado duplo do X já demonstra que o ZX tem bastantes elementos não só da saga Zero, mas da X também, principalmente dos primórdios.

      Enfim... té mais sr Dan.

      Excluir
  7. aguarando a postagem sobre zx advent! comecei lá no megaman x e vim parar até aqui :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Longo caminho percorrido rs. Bem, não será tão breve assim... preciso escrever primeiro sobre alguns jogos... mas um dia terei a honra de falar sobre ZXA

      Excluir
  8. Opa. Quanto tempo que não venho aqui. Estava esperando essa análise. Parabéns :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disponha sr Artikuno. To escrevendo uma sobre Zelda agora...

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Eu achei esse megaman zx ótimo pela opção de poder jogar com os guardiões, uma boa ligação com a história do megaman zero e também pela inovação que foi feita. O jogo perdeu um pouco da maturidade na história. Já que o megaman zero lidava de assuntos como crise de energia, guerra eminente, extermínio de humanos e reploids e lidando com catástrofes constantes. Um história madura que eu acho grande demais para o console. Adorei ter jogado no gba, mas era uma história com potencial para grandes consoles como ps3/xbox360. Pena que a franquia do megaman foi deixada de lado, pois, querendo ou não, história de tecnologia sempre permite algum tipo de renovação. Gostei muito da ideia do jogo e ainda não o tinha jogado, mas pela sua análise bateu um interesse muito forte e já baixei inclusive. hahaha Quando puder faça do ZXA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por ter gostado. As vezes imagino que as análises, por serem grandes de mais, podem enjoar ou desagradar, mas quando vejo comentários como o seu, bate uma vontade de digitar ainda mais.

      Sobre Mega Man, mano... acho que ele não teria espaço na nova geração de consoles... Mega Man já mostrou que não é a mesma coisa quando os gráficos tridimensionalizam, e jogos estilo Plataforma dificilmente agradam nessa nova era. Destaque para o fato dessa sera Geração Preguiçosa, onde gameplay e playskill hardcore como é exigida por Mega Man não atrai a galera nova... e Gráfico é o que vende atualmente (bobagem mas, é real). Ainda assim, eu acredito que possa haver mais games oficiais e inovadores pra franquia... o título é extenso de mais pra morrer agora...

      Depois de analisar Zelda Majora Mask e Tomb Raider, irei analisar MMZXA.

      Até la... boa leitura e vlw ai!

      Excluir
    2. Espero que incentive, pois quero continuar lendo kkkkkk.

      Eu concordo em parte. Só que eu achei o estilo do x8 misturando 3d e 2d algo agradável e que poderia ser uma saída, mas o que você farou da geração é fato. Só que dá pena um jogo como megaman zero ter saído no gba. Eu, particularmente, acho a trama do jogo bem feita e madura. Perdeu aquela infantilidade. Acho se explorassem esse ponto que disse, revezando 2d e 3d, poderia vir a ser interessante. Fico frustrado com a ideia do megaman oline que poderia ser bem explorada. O que acho que poderia ser feito era não nos amarrar nos personagens do jogo, mas criar maiores opções. O jogo poderia ser um rpg bem interessante. Você criar seu reploid, com limitações na criação claro, e poder utilizá-lo poderia vir a ser algo muito interessante. Tendo nas missões algumas coisas de cada geração. Tendo um bom pvp. Acho que poderia vir a ser um jogo incrível mesmo sendo jogado em 3d.

      Pois irei acompanhar aguardando suas outras análises. Vlww

      Excluir
    3. Incentivou, pode crer.

      Confesso que adorei o X8... mas odiei o X7... ambos se aventuraram pelo 2.5D. Seria muito arriscado criar um MM com gráficos assim novamente, e pra piorar com uma temática "séria" como a da franquia Zero. MegaMan é colorido de mais o que dificulta a abordagem e divulgação de temas mais complexos... sei la... depende muito da equipe e da dedicação daqueles que trabalhassem num projeto assim. História é o que não falta... só pensar e criar rs.

      Sobre Zero no GBA... achei que foi uma honra para o portátil possuir um exclusivo tão responsa assim... Mas se tivesse pra console seria show... só que bem... Mega Man sempre foi um titulo um tanto sério... mas infantilizado, em qualquer uma de suas plataformas. Um robo azul que atira luz não é levado tão a sério assim... e um robo vermelho que corta também não... enfim.... daria pra fazer algo decente mas depende unica e exclusivamente dos produtores. Se quiserem fazem algo show, do contrário só nasce mais um plataforma de aventura com ação...

      Sobre um RPG de MegaMan... dificil.... só se fizessem algo bem simples em gráfico e complexo em enredo. Os MMORPGs atuais são todos 3D... repetitivos e enjoativos (falarei de um em breve rs). Com o tema de Mega Man, daria sim pra criar um bom universo (alias, aproveitar o que já existe) mas.... falta produtores, falta investimento... falta olhar visionário rs.

      Bem, irei escrever mais e mais... e quem sabe um dia eu fale de um Mega Man novo... rs.

      Excluir
  11. De tudo que li sobre megaman o que tem nesse blog é um dos melhores conteúdos haha, tou aguardando ansiosamente o Megaman ZX Advent pra saber o desfecho, já joguei todos mais eu não sabia muita coisa da história e o pouco que eu sabia era contraditório ao seu como que o sigma era do bem o zero do mal dps o sigma pega um vírus do zero e aquela coisa toda que facilmente é encontrada na net.
    Vi que em um dos comentários alguém falou a respeito do Megaman Online só que falou de forma totalmente vaga e você não entendeu kk, bem o Megaman Online era um projeto de MMORPG de Megaman, que por algum motivo que eu nem descobri foi descontinuado, tem vídeo dele no youtube, parecia muito bom, tinha gráficos estilo X8, cenas estilo anime, o megaman clássico além do x zero axl e alguns outros personagens do clássico, seria legal se vc conseguisse pesquisar e diser sobre esse megaman online kk, como não entendo inglês é fóda pra min. No mais ótimo trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vlw Sr Dodoop (?!).

      Sobre Mega Man ZXA... sr, pode demorar um pouco pra sair uma análise sobre Mega Man. Atualmente estou focado numa análise sobre Kingdom Hearts, e também em uma sobre Tomb Raider... ambas vão tomar um tempo do caramba. Também pretendo falar de Zelda, Prince of Persia e Resident Evil (recentemente consegui rodar RE4, 5, 6 e Revelation perfeito no pc... então me empolguei e to afim de analisar eles rs). Mas, um dia vai sair... (Vai ser lançado um novo Zelda pra 3DS então eu vou fazer manutenção do meu portátil, que eu tinha espatifado no chão... sem querer... daí aproveito pra pegar MMZXA e analisar por ele... vai ser show).

      E é isso... vlw sr.

      Excluir
  12. Qando vai ter a analise megaman zx advent?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou fazer um cronograma logo, mas atualmente estou encalhado numa análise de Kingdom Hearts. Eu achava que conhecia o jogo e estava pronto pra analisa-lo, ao começar a escrever, fiz tantas descobertas, aprendi tanto, que acabei fazendo quase um livro de tão grande, e deixei o enredo do jogo de lado. Agora estou apenas escrevendo o enredo do jogo resumido (o que é complicado pois é um mega RPG), e só irei partir pra outra análise quanto terminar essa.

      Logo após terminar KH1, vou falar de vários jogos de menor porte, dentre eles MMZXA.

      Desculpe o transtorno, demora e etc... mas eu to querendo fazer bons trabalhos e pra isso, cabe e vale bastante investir tempo e dedicação.

      Sr Winicius, garanto que quando sair a análise de MMZXA... alias qualquer análise, será tão boa que valerá muito a espera.

      See yah!

      Excluir
    2. valeu mas...(mostrando minha teoria)Shady a historia do megaman que vc conta esta errada vou escrever um livro aqui agora:
      no começo dr. light e wily parceiros tal...ai criaram protoman e talz mais ai so dr light que levou o credito e wily ficou irritado e roubou o proto e ai light criou mega e roll e outros robos e wily invadio a laboratorio de light e roubou de novo...os robos de light meno mega e roll ai ele transforma mega em um robo de batalha e assim começa a luta ai da historia do 1 ate o 6 vc ja claro que sabe e no 7 aparece bass criaçao de wily e tlz nao sei muito sobre a historia do megaman classico mais posso te provar que zero nao e proto e o cachorro do mega que esqueci o nome nao jogo a um tempo...tem um jogo chamado MEGAMAN PROJECT ZERO e nele o jogo acaba com bass e seu cao mortos por zero wily e morto por zero e os amigos do megaman tambem e no final proto se sacrifica para explodir zero junto com ele pois ele era muito forte e mega sobrevive e dele e feito X mas nao sei se esse jogo e oficial mas tem ele no youtube para ver e é a coisa mais provavel que deveria ter acontecido durante a hibernaçao de x antes de acordar ai na saga x sigma bom zero mau solto pelo mundo batalha com sigma acabam trocando de lado por causa de virus ficar mau foi um virus em sigmae ficar do bem foi um virus em zero ai entao wily criou ja no mmx5 no final bom zero se sacrifica(essa coisa de dois zeros e so na guerra elfa)ai no cinco ele volta e tal tal tal ai ja depois do oito sigma morre geral o que pode ter acontecido e que axl foi infectado como mostra no final ai x e zero sao forçados a mata-lo ai o mundo comela a ter uma crise energia e weil cria os cibers elfos como eles morrem e tem energia limitadao mundo se revoltou com weil por nao ter ajudado muito ai ele se revoltou e usou os cibers-elfos para controlar os reploids ai ele ve o grande poder de zero e ve que ele pode liberar seu verdadeiro poder se ir ao seu verdadeiro lado e ai começa a controla-lo e proprio x nao consegui derrotalo e entao decidio combater fogo com fogo e cria outro zero e coloca uns poderes nele e ele e o outro zero enfrentam o omega e conseguem vencer mas zero clone ainda fica muito fraco e x o coloca em hibernaçao e leva omega ao espaço e puni weil tambem ai enta é a historia do megaman zero vc sabe e ai acaba vem o zx e continua a historia.cara gosto do seu blog so quero te ajudar e to loco esperando pelo mmzxa boa sorte e valeu...se nao me xingar.

      Excluir
    3. valeu mas...(mostrando minha teoria)Shady a historia do megaman que vc conta esta errada vou escrever um livro aqui agora:
      no começo dr. light e wily parceiros tal...ai criaram protoman e talz mais ai so dr light que levou o credito e wily ficou irritado e roubou o proto e ai light criou mega e roll e outros robos e wily invadio a laboratorio de light e roubou de novo...os robos de light meno mega e roll ai ele transforma mega em um robo de batalha e assim começa a luta ai da historia do 1 ate o 6 vc ja claro que sabe e no 7 aparece bass criaçao de wily e tlz nao sei muito sobre a historia do megaman classico mais posso te provar que zero nao e proto e o cachorro do mega que esqueci o nome nao jogo a um tempo...tem um jogo chamado MEGAMAN PROJECT ZERO e nele o jogo acaba com bass e seu cao mortos por zero wily e morto por zero e os amigos do megaman tambem e no final proto se sacrifica para explodir zero junto com ele pois ele era muito forte e mega sobrevive e dele e feito X mas nao sei se esse jogo e oficial mas tem ele no youtube para ver e é a coisa mais provavel que deveria ter acontecido durante a hibernaçao de x antes de acordar ai na saga x sigma bom zero mau solto pelo mundo batalha com sigma acabam trocando de lado por causa de virus ficar mau foi um virus em sigmae ficar do bem foi um virus em zero ai entao wily criou ja no mmx5 no final bom zero se sacrifica(essa coisa de dois zeros e so na guerra elfa)ai no cinco ele volta e tal tal tal ai ja depois do oito sigma morre geral o que pode ter acontecido e que axl foi infectado como mostra no final ai x e zero sao forçados a mata-lo ai o mundo comela a ter uma crise energia e weil cria os cibers elfos como eles morrem e tem energia limitadao mundo se revoltou com weil por nao ter ajudado muito ai ele se revoltou e usou os cibers-elfos para controlar os reploids ai ele ve o grande poder de zero e ve que ele pode liberar seu verdadeiro poder se ir ao seu verdadeiro lado e ai começa a controla-lo e proprio x nao consegui derrotalo e entao decidio combater fogo com fogo e cria outro zero e coloca uns poderes nele e ele e o outro zero enfrentam o omega e conseguem vencer mas zero clone ainda fica muito fraco e x o coloca em hibernaçao e leva omega ao espaço e puni weil tambem ai enta é a historia do megaman zero vc sabe e ai acaba vem o zx e continua a historia.cara gosto do seu blog so quero te ajudar e to loco esperando pelo mmzxa boa sorte e valeu...se nao me xingar.

      Excluir
    4. "se nao me xingar." Hehe... que isso jovem... eu sou tenso e meio revoltado das ideias mas sei aceitar e compreender uma opinião... as vezes kkk...

      Então, eu já tive uma linha de raciocínio bem parecida com a sua... até ver o caso do Inafune vs Capcom. Daí vi o caso do Kojima vs Konami... e então percebi que no mundo dos vídeo games, há bem mais que apenas títulos e jogos... há uma batalha por créditos e grana. Mas no meio dessa guerra, há certa beleza nos destroços saca... há uma arte oculta, tal qual pode ser pesquisada, encontrada e refinada. Reparei que essa visão se estende pra todos os jogos e até mesmo, filmes. Traduzindo: Há uma história real, produzida independente da rixa entre produção e criação... uma história que nasce justamente dessa confusão e bagunça, uma história que brota do acaso e aleatório, juntando cada uma das minúsculas e ramificadas pontinhas. É ai que eu entro, não que me considere especial (pois não sou, afinal já encontrei muita gente que pensa assim, como eu) mas gosto de explorar as possibilidades. Gosto de juntar essas pontinhas e explorar a lógica das histórias, dentro delas mesmas. As vezes, minhas "descobertas" podem parecer forçadas, ou simplesmente sem nexo ou relação com o conjunto de ideias mas, na verdade, eu penso de uma forma geral. Na franquia Mega Man, eu já conheci vários e vários jogos, com várias e várias explicações e analises diferentes, mas nunca vi uma que me convencesse. Ao pensar por conta própria, reparei que haviam pontas que eram ignoradas, haviam dicas que não eram explicadas e muitas das teorias, alias, a maioria, eram falhas por esses mesmos pontos.

      Me decidi que deveria acreditar em mim mesmo, e acreditar que sou capaz de entender e traduzir cada um desses jogos, interpretando-os da maneira correta, independente do que já existe, existiu ou até mesmo, existirá.

      As análises, às quais me dedico muito, servem pra mostrar e compartilhar essas ideias, nada mais. Errado, Certo, nada disso se aplica pois são apenas uma visão, de um fan, para outros fans. Pra mim não custa nada (além de bastante tempo e pesquisa) compartilhar essas ideias e também, conhecer outras ideias, as vezes somando e as vezes contrariando aquelas que compartilhei. Já tive o prazer de conhecer gente que não apenas corrigiu e contradisse o que eu apresentei, como também me ensinou e melhorou muito meus textos e teorias... também tive o prazer de conhecer gente que ignorou o que leu e simplesmente, desacreditou tudo, menosprezando e criticando, mas no fim, bem no fim, respeitando e seguindo em frente.

      A vantagem das analises é essa, só essa. E bem, eu fico feliz sr, por mesmo discordando dessas teorias, estar acompanhando com tanto respeito e anseio! Seja sempre bem vindo Sr Winicius!

      Excluir
    5. Em resposta ao Mega Man Project Zero, tem um Project X também que eu adorei jogar, mas nenhum deles é oficial, são fan-mades. Mesmo jogos produzidos e assinados pela Capcom não são absolutamente oficiais, sendo as vezes spin-offs ou simplesmente, "moremoney". Prefiro jogar, conhecer, estudar, compreender e ai sim, considerar oficial ou não. Dificilmente me atenho às descrições dos produtores ou distribuidores, pois eu bato na tecla de que, quem decide o que o jogo realmente é e o quanto vale, é o jogador, não o criador. Tipo quando você vai numa mercearia e compra uma Ameixa... quem decide se ela é doce, amarga ou azeda é o cliente, não o vendedor, pois quem provará será o cliente. Não importa o quanto o vendedor diga que a Ameixa é saborosa, quem irá decidir isso, o único que pode realmente decidir isso, é o cliente. E como todos sabem, o cliente tem sempre a razão!

      Excluir
    6. Eu não discordo das suas ideias,são boas e fazem um bom sentido,só a parte do dois zeros eu creio na minha,mais a história do megaman não foi terminada por completo,uns falam que megaman legends é a continuação do megaman zx,eu não sei sobre isso mais fico as vezes irritado pelo fato de uma história tão boa e grande como a do megaman que tem ação,drama e etc,não tenha terminado direito,em vez disso a capcom faz ficar relançando em vez de fazer um final logo,é então é isso valeu por não me xingar vc é de boa mesmo e vou espera megaman zx advent,falou.

      Excluir
    7. Beleza Sr Winicius... vlw rs.

      Tipo, sobre a continuação de ZX ser o Legends... teve um leitor que sugeriu isso usando asa naves como referencia... Eu cheguei a me comprometer a jogar os legends e analisa-lo, fiz algumas pesquisas e tipo, parece que a teoria não é nenhum pouco absurda, faz até certo sentido. Mas eu joguei muito pouco os legends por isso não posso falar muito. São mais alguns dos jogos que tenho de analisar.

      To torcendo pra chegar minhas férias logo pra poder digitar feito louco.

      Excluir
    8. Legal,eu estava até pensando que você tinha parado com o blog,porque eu só leio sobre megaman aqui,mas é bom ver que você está aqui todo animado,seu blog é diferente,você faz a análise e conta a história,eu tinha sofrido para achar a história do MMZX mas só aqui teve,aqui é top nesse blog.#shadãotop10

      Excluir
    9. Sr Winicius, bem vindo de volta. Dificilmente pararei com o blog, gosto dele.

      Sobre mega man, tenho ainda muito pra falar sobre, mas também tenho muito pra falar de outros jogos também então... infelizmente não ser sempre que poderei te agradar sr.

      Mas já estou me preparando pra próxima de Mega Man... só não garanto que será MMZXA...

      Excluir
    10. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    11. Será minha 4° próxima análisemorte.

      Excluir
    12. eu nao acho que megaman legends seja continuação do ZX.
      Nao faz sentido, pois as teorias apontam mais de 1000 anos no futuro e as tecnologias que vemos em megaman legends são as mesmas do zx e até inferior em muitos casos. Megaman legends pra mim é uma realidade paralela e deve se passar na mesma época que megaman x

      Excluir
    13. Eu confesso que não tive saco pra zerar Legends/Dash, apesar de ter ralado pacas pra pegar as melhores versões... mas é porque o jogo não me agradou em nada... aqueles sons de passos do rock são irritantes de mais kkk. Mas, dentro do que pesquisei e observei... é possível conectar sim como uma continuação do ZX, principalmente se considerar a tecnologia.

      Em resumo... o mundo sofreu muitas mudanças ao longo do tempo e vários downgrades. Só observar e comparar o mundo de X com ZX e perceber que as metrópoles estão menores e ainda não se recuperaram dos eventos de X, Zero e etc. Pode ser que o futuro reservado aos humanos vire o apresentado em Legends... ou o apresentado em Battle Network... se pa até o de Star Force. A questão é que em 1000 anos, muita coisa pode evoluir ou involuir... é imprevisível.

      Eu, não posso me posicionar ou opinar, pois nem tive saco pra zerar os jogos... e estou ciente que o que credibiliza e viabiliza uma boa interpretação são os pequenos detalhes... os quais desconheço (tirando o esquema da nave/dirigível que já me foi apresentado anteriormente).

      Dito isso... Sr Elo... see yah.

      Excluir
    14. mas acontece que não houve nenhuma guerra ou algo que explicasse o pq do mundo ter parado de evoluir tecnologicamente ou até involuir como voce disse.
      e tb 1000 anos é tempo mais que necessário para um mundo se reconstruir

      Excluir
    15. megaman legends a tecnologia é claramente do nível do megaman classico. Os carros ainda são os que vemos atualmente, e algumas naves são até movidas a vapor

      Excluir
    16. Bem, eu acredito que ocorreram várias guerras entre uma saga e outra, não apenas pelas muitas pontas soltas mas pelas evidentes consequências, mesmo sem ter elas sitadas ou mencionadas.

      Algo que me motiva a pensar dessa forma é o fato de que, de uma saga pra outra, as cidades, pessoas, robôs e afins, foram diminuindo em população. Dizer a real, depois de todos os eventos e todas as histórias, eu percebi que é até um padrão de megaman, sempre haver uma grande catástrofe ou uma guerra pra tornar tudo pior. Em pura teoria, imagino que a explicação pro mundo de Dash estar exatamente como esta, é por conta de alguam grande guerra onde os humanos venceram as máquinas (inverso da skynet rs) ou, num mundo em que as máquinas não sobreviveram por consequência a crise energética mencionada na saga Zero. No segundo caso, eu vejo falhas pois em ZX a crise já havia sido superada... então tudo leva a crer que ocorreu uma guerra mesmo.

      Em questões de tecnologia... se as maquinas eram o problema, evita-las era a solução. Eu digo isso com base em algumas poucas horas de gameplay, e eu te juro que, pelo fato de nunca ter zerado nenhum dos mm da franquia Dash/Legends, eu fico em cima do muro ao comentar ou defender teorias, pois estaria aberto a erros grotescos por falta de conhecimento. Mas, pensando apenas no conceito, é isso que imagino.

      Claro que, eu pretendo jogar, entender e analisar, e nessa hora eu terei total segurança no que digo, seja defendendo o downgrade do universo ou trazendo a tona uma nova teoria (ou renovada).

      Excluir
  13. Respostas
    1. Falta sr Winicius. Já to jogando... só espera um pouquinho mais.

      Excluir
    2. Claro! seu blog é o único que faz analise completa(mostrar o geral do jogo e contar a historia) estarei esperando!

      Excluir
    3. A espera será muito bem compensada. E sr Winicius, vlw por acompanhar e motivar o blog.

      Excluir
  14. Ai gostei da analise e quero a proveita e dizer que um grupo Brasilero ja fez uma patch da tradução pro portugues brasilero vale apenas ter a tradução quem tiver interesado passo o link do site.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sir Silas, bem vindo.

      Então, quem me dera ter visto essa tradu antes... na falta de pt-br, eu jogo versões em inglês ou espanhol... em alguns casos raros em pt de Portugal... manda o link ai sir.

      E bem, obrigado pela leitura e fico felizaço por ter curtido. See yah!

      Excluir
  15. Se o serpent é humano pq ele tem o triangulo na cabeça?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr Elo, eu não tinha visto esse comentário, perdão.

      Então, moda.

      Rs... na verdade o próprio Serpent diz que tem partes mecânicas nele, o triângulo pode ser uma fonte de energia pra essas partes, ou puro estilo mesmo. Muitos personagens do universo MegaMan usam acessórios por pura estética.

      Excluir
  16. Sr Morte, vc saberia o por que do Megaman ZX não ter feito tanto sucesso?Eu lembro que na época do Megaman X4,X5,etc...Era uma febre, e o ZX pouco se falam dele e nem todos o conhecem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi um jogo de DS e fez sucesso dentro do que era esperado dentro dos portáteis. Claro que não chegou ao nível de um Pokémon da vida, mas também não foi um fracasso total. Só não foi muito acessível para todos os jogadores, e a franquia MegaMan que realmente vingou nos portáteis foi a Battle Network e a Star Force. Na época dos GBA o Zero fez um mega sucesso, mas infelizmente no DS, não rolou. Questão de markenting talvez...

      Mas ele pelo menos rendeu uma continuação.

      É isso que eu acho rs...

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores do Google+